quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Orquestra de Bandolins de Esmoriz na Lord


No passado dia 30 de Janeiro, pelas 21h30, a Orquestra de Bandolins de Esmoriz encantou a avantajada plateia do Auditório da Fundação A LORD.
O conjunto de cerca de 25 músicos tocou um reportório variadíssimo, lembrando composições que os mais velhos cantavam nas escolas. Exemplo disso foi a composição Recordações do Passado de Luís M. Aleixo. Palladio, do contemporâneo Karl Jenkins, também surpreendeu, pela pujança com que os músicos dedilharam os bandolins e as bandolas.
De facto, o Auditório tem a particularidade do aconchego, aproximando o palco e a plateia. E, mais uma vez, proporcionou familiaridade entre estes dois elementos. Neste concerto, a orquestra interagiu com o público, colocando-o a participar em diferentes músicas, ora com palmas, ora com a manifestação de vozes afinadas.

O Grupo de Esmoriz foi constituído em 1984 e é detentor de uma grande experiência, tendo já deixado rasto em participações nacionais e internacionais. Em Novembro de 2009, venceu o Concurso Nacional de Música do INATEL, na vertente Orquestra.
Actualmente encontra-se sob a direcção musical do maestro Luís Sá e incorpora instrumentistas que dinamizam bandolins, bandoletas, bandoloncelo, guitarras, guitarra-contrabaixo, piano e percussões.

No final do evento, foi notória a satisfação das pessoas que a ele assistiram.

2 comentários:

Paulo disse...

Teve que ser um programa de televisão e de grande audiência co o é o Nós por cá, para resolver o que o elenco da junta de freguesia se recusou a fazer, alegando que não era da sua competência fazê-lo. foi para respostas como esta que esses senhores foram eleitos? Muita memória curta tem o povinho desta aldeia!...

Paulo disse...

É mais fácil juntar o povo com um porco no espeto do que juntá-lo na desesa dos interesses de todos e de cada um.

 
© 2007 Template feito por Templates para Você