terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

É difícil ser-se sócio da ADIL!

Ao contrário do que pensava, fazermo-nos sócios de algumas associações não é tarefa fácil. Aquele passo que a partida deveria ser simples e desejado por quem está do outro lado, acabou por não o ser. Uma certa manhã dirigi-me a ADIL, para obter informações acerca do que era necessário para me fazer sócia desta instituição. Fiquei um tanto ao quanto perplexa com o atendimento, e com a falta de informação e profissionalismo de quem estava atrás do balcão. Questionei-me de como seria possível que se coloque um profissional no atendimento ao público sem lhe dar o mínimo de informação/formação.
Pormenores à parte, queria apenas concretizar o que realmente me levou ali. Após ter dado início ao processo, fui informada que teria de esperar uns 4dias para efectuar o pagamento mas que entravam em contacto comigo. Certo é que esses 4 dias já vão em mais de um mês e até hoje nada mais me foi dito.
Talvez não cumpra os requisitos para me tornar associada. Talvez sejam mais rigorosos com o perfil dos novos sócios do que com o dos funcionários. É de lamentar realmente.

7 comentários:

Anónimo disse...

Existem pessoas que esperaram 3 anos para serem sócios da Cooperativa a Lord, por isso....

Anónimo disse...

Sinceramente, acho que se realmente a pessoa que estava atras do balcão não estava a ser capaz de lhe dar informação e se realmente queria ser sócia da ADIL, deveria ter pedido para chamar alguem responsavel com quem falar. Da mesma forma penso que antes de falar da falta de profissionalismo das pessoas, deveria se questionar, se realmente seria da competencia da funcionaria tratar desse assunto... ou por exemplo, se estaria a trabalhar ha tempo suficiente na ADIL, para poder dar a informaçao.
No fundo, acho que nao foi à ADIL, com o intuito de se tornar sócia, mas sim deslocou-se para ver se existiria alguma lacuna na Associação que desse noticia!!!!
Parece-me realmente lamentável, alguem que quer ser sócio de uma instituiçao, apenas porque esta nao lhe respondeu como lhe convinha, venha colocar em causa a sua reputação.
Por ultimo, não se pode esquecer que não existem pessoas nem instituições perfeitas....

Rosa Isabel Ribeiro (Lordelo-Paredes) disse...

Se me conhecesse saberia que não sou jornalista, nem busco notícias. Raramente faço uma crítica seja ao que for, a não ser que tenha muitos motivos para isso. O meu objectivo é somente dignificar e dar a conhecer o que de melhor se faz em Lordelo. Contudo enquanto cidadã senti obrigação de não deixar passar esta situação em branco. Fala porque não estava lá. Ou talvez até estivesse... Mas a pessoa responsável encontrava-se lá e andava aos recadinhos com quem me estava a atender. Muito mau mesmo. Aliás, apenas me desloquei à ADIL duas vezes na vida. E não me esqueço que a primeira vez que me dirigi lá a pedido de um membro da direcção, fui muito mal recebida. Quase aos berros, diga-se de passagem. A segunda foi melhor um pouco mas aconteceu o que aconteceu. Em relação há falta de experiência da funcionária era bem notória, e não só. No entanto numa situação destas a pessoa responsável não deveria andar aos recados, mas sim ter vindo auxiliar.

Já agora se me permite, dou valor a quem mostra a sua opinião assinando o que faz.
Atentamente

Rosa Isabel Ribeiro

Anónimo disse...

Se realmente o objectivo é dar a conhecer o melhor de Lordelo, poderia começar por falar da Instuição a que se dirigiu, pois esta no que faz é realmente boa, e unica na cidade... Em relação à pessoa responsavel, volto a a repetir-me mas nao pode acusar ninguem dessa forma. Se realmente estava lá, deveria estar a trabalhar, certo?? Ouviu por acaso a conversa para poder dizer se estavam a falar de trabalho!! Afinal quem é a Senhora para julgar o trabalho dos outros!!! E se quando se deslocou da primeira vez à Instituiçao foi assim tao mal recebida, como diz "aos Berros", existe um livro de reclamaçoes (penso eu) na ADIL! Pelo menos é o que manda a Lei!!!
Entristece-me saber, que com tantas coisas boas que uma instiuiçao destas faz numa freguesia, alguem que é da Terra, só escreva e publique o que se passa de negativo!!

Anónimo disse...

Naõ conheço essa instituição, mas é de admirar que contrátem funcionários que não são comptentes para estárem na recepção sem saber qual a informação a dar ás pessoas que simplesmente se querem tornar sócias (ESTA DEVERIA SER UMA TAREFA FÁCIL, certo?).
Tenho conhecimento que tentaram angariar sócios no fim de uma missa quando nem sequer era necessário dirigirmo-nos á instituição em causa, apenas era necessário dar o nome e a quantia que quisece-mos contribuir. Será que existirá mais que um tipo de sócios?... ou a incomptência dos funcionários obrigou na recorer a um método mais simples de "angariar" sócios?...Será que a pessoa que se torna sócia ao final de uma missa tem a mesma função e beneficios que a pessoa que se torna sócia dirigindo-se á instituição em causa?

Agradecia que me tirássem todas estas dúvidas!

Já agora, conheço a autora do comentário (pelas fotos) e admiro-me ter visto esta a colaborar com a angariação dos sócios no final da missa, quando para ela foi tão dificil tornarse sócia!

Anónimo disse...

Em relaçao à angariaçao de Socios, no final da Missa, esta foi feita para dar conhecer a Associaçao à Populaçao, de modo, tambem a facilitar o acesso das mesmas à Instituiçao. Em relaçao ao tipo de Socios, nao existe diferença entre os que se inscreveram no final da missa e os que se deslocam à Associação. A unica diferença nos socios é o valor da quota.
No entanto, se ainda tiver qualquer duvida, o melhor será dirigir-se à Associaçao.

Anónimo disse...

Em relaçao à angariaçao de Socios, no final da Missa, esta foi feita para dar conhecer a Associaçao à Populaçao, de modo, tambem a facilitar o acesso das mesmas à Instituiçao. Em relaçao ao tipo de Socios, nao existe diferença entre os que se inscreveram no final da missa e os que se deslocam à Associação. A unica diferença nos socios é o valor da quota.
No entanto, se ainda tiver qualquer duvida, o melhor será dirigir-se à Associaçao.

 
© 2007 Template feito por Templates para Você